Portal   saude   musica   fotos   mulher   forum   turismo   videos   auto   imóveis   leilões   classificados  
Categoria: Bem-Estar
Imprimir

A visão do nosso corpo no espelho depois de um longo Inverno é por vezes dolorosa. Não basta a lividez da pele – é preciso enfrentar o resultado de alguns quilinhos a mais na forma de ‘pneuzinhos’ inestéticos plantados em zona estratégicas como, por exemplo, o ventre.

É verdade que já sabíamos que eles lá estavam, pois a roupa por vezes acusa, mas normalmente é só neste momento em que o Sol aquece e os dias têm luz até mais tarde que as campainhas de alerta se fazem ouvir e nos lançamos numa batalha desenfreada para perder peso.

A sonhar com os bonitos vestidos que vão dominar a estação, nos biquínis e triquínis que vão fazer furor no Verão, muitas mulheres traçam a sua própria estratégia para recuperar a silhueta. A tendência muitas vezes é cortar em várias frentes – nas calorias e nas gorduras, nos hidratos de carbono e nas proteínas. E há mesmo as mais radicais que optam por passar fome, convictas de que “para grandes males, grandes remédios, o melhor é mesmo coser a boca”. Os especialistas em nutrição destroem, no entanto, o mito. Isto é, a ideia de sacrifício associada à dieta. A fórmula eficiente, asseguram, é fazer uma alimentação saudável e equilibrada.

“Para se perder peso é necessário reduzir o consumo de calorias e aumentar o dispêndio energético através da actividade física”, observa a nutricionista Alexandra Bento, presidente da Associação Portuguesa dos Nutricionistas (APN). Sublinha que a ingestão de calorias pode ser reduzida de diferentes formas, mas que nem todos os planos de emagrecimento têm uma base científica. “Alguns podem ser bastante perigosos”, diz, referindo que os “regimes da moda não fomentam hábitos alimentares saudáveis nem induzem um emagrecimento seguro e permanente”.

De acordo com a especialista, as dietas drásticas que limitam o consumo de determinado grupo de alimentos ou os que se baseiam no consumo de batidos, sopas ou tabletes de baixo valor calórico, que pretendem substituir as refeições, não fornecem o mesmo equilíbrio de nutrientes que uma alimentação correcta.

O êxito destas dietas “é de curta duração”, pois logo que a pessoa volta a comer normalmente volta também a ganhar peso. E muitas vezes de forma avassaladora. Por outro lado, também terá mais dificuldade em emagrecer na próxima dieta. “É o chamado fenómeno ‘ioiô’”, esclarece a especialista em nutrição.

“Não podemos nem devemos querer mudar tudo num só dia (nem demasiado em apenas algumas semanas). Passos pequenos, mas firmes, na direcção desejada são os mais aconselhados.” Eis os princípios orientadores de Pedro Teixeira e Marlene Silva no livro Repensar o Peso (Lidel Editora). Os autores desta obra que nos apresenta princípios e métodos testados para controlar o peso recordam ainda que o corpo precisa de “equilibrar o consumo energético (quantidade) com os gastos” mas também de “equilíbrio e variedade nutricional”.

“Uma dieta de emagrecimento deve fornecer todos os nutrientes necessários ao organismo. Deve ser equilibrada, completa e variada, e evitar carências vitamínicas e outras que conduzam à desnutrição”, comenta Alexandra Bento. Por outro lado, deve ser personalizada, diz. Ou seja, deve ir ao encontro das necessidades de cada pessoa, das suas preferências e gostos. Mas também da sua “cultura, condição económica e estilo de vida”.

Reduzir a ingestão de alimentos ricos em açúcar e/ou gordura é, de facto, essencial para perder peso. Sobretudo “ácidos gordos saturados e colesterol, gorduras sólidas e gorduras hidrogenadas e sobreaquecidas”. A presidente da APN diz que o volume de comida acima do necessário, e mais ainda quando é de elevada concentração energética, e a alimentação desequilibrada, sem produtos hortícolas, por exemplo, são no conjunto “responsáveis por se ingerir repetidamente demasiadas calorias que vão conduzir a excesso de gordura corporal”.

Dar preferência às carnes brancas e magras é outra das regras de ouro dos planos de emagrecimento. Depois, é igualmente importante consumir cereais completos, frutos e vegetais, “dado o seu teor em vitaminas, minerais e fibra alimentar que para além de regular o trânsito intestinal contribui para a saciedade”. Os lacticínios são necessários ao nosso organismo, mas neste caso há que dar “preferência aos magros”. O que bebemos é outro ponto a levar em linha de conta. Bebidas alcoólicas e refrigerantes devem ser trocados por água e chás.

“A água permite manter estável a temperatura do corpo e eliminar as substâncias tóxicas, entre outras funções. O álcool tem sete calorias por grama. Chamam-se ‘calorias vazias’ pois só fornecem energia e praticamente nenhum nutriente (tal, aliás, como acontece com os refrigerantes que só têm açúcar e água). O seu consumo aumenta, contudo, o valor calórico total ingerido”, escrevem Pedro Teixeira e Marlene Silva em Repensar o Peso.
A selecção e a quantidade de alimentos que consumimos é fundamental, mas a forma como os confeccionamos tem igual relevância. E peso! Alexandra Bento indica “como métodos culinários a privilegiar os cozidos, os assados sem gordura, as caldeiradas e os grelhados, em detrimento dos assados com muita gordura, dos fritos e dos guisados”, dando-nos exemplo de um dia alimentar equilibrado (ver caixa). Também no que respeita ao uso do sal é peremptória: há que reduzir o seu consumo, e idealmente recorrer ao uso de especiarias e ervas aromáticas para temperar os pratos. Por fim, deve-se fazer cinco a seis refeições diárias e acompanhar o plano alimentar saudável e equilibrado com a prática de exercício físico moderado, no mínimo durante 45 minutos todos os dias.

 

in Platinaline

  • Actualidade
  • Mais Vistas
  • Receitas
Gala da Cruz Vermelha

Com o lema “ vamos festejar o amanhã”, o baile m

Mister K Grava novo Video em Luanda

O Ex Kalibrados está disposto a impressionar o mundo

Por engano, jovem manda SMS erótico ao pai

Uma americana de Cleveland, Ohio, cometeu o engano de

Jay-Z nega zanga com Kanye West

Jay-Z e Kanye West preparam-se para editar o seu prim

Os melhores looks dos MTV Movie Awards

Foram várias as estrelas de Hollywood que estiveram

Dieta dos 7 dias

A dieta dos 7 dias pretende ajudar a perder entre 2-4

Os acessórios de moda que não podem faltar a uma noiva

As noivas devem estar no seu melhor no dia do casamen

Erros da Moda

O cansaço, uns quilos a mais, a falta de tempo, ada

Moda Verao 2012

Confira aqui tudo o que vai rolar na moda verão 2012

  • Salada Fria de Noodles com Legumes e Molho Thai

    Salada Fria de Noodles com Legumes e Molho Thai
    Difficulty
    Cost
    Ingredients:
    noodles de ovo (massa chinesa), de cogumelos, cenouras, lata de maçarocas de milho baby em conserva, colher de sopa de óleo de sésamo, raminho de coentros frescos, lima, colher de chá de açúcar mascavado escuro, colher de sobremesa de molho de soja, colher de sopa de molho de peixe, dente de alho, colher de chá de tabasco (ou uma malagueta chilli picada).
    Preparation: 20 min
    Read more...
  • Crostini de Farinheira e Maçã

    Crostini de Farinheira e Maçã
    Difficulty
    Cost
    Ingredients:
    baguette grande, farinheira de boa qualidade, maçãs Golden, azeite q.b..
    Preparation: 20 min
    Read more...
  • Bolo de Cenoura, Amêndoa e Laranja (sem Gluten ne...

    Bolo de Cenoura, Amêndoa e Laranja (sem Gluten nem
    Difficulty
    Cost
    Ingredients:
    ovos, sumo e raspa de 2 laranjas, de açúcar amarelo, de cenoura crua ralada, de amêndoa com casca ralada, de fermento em pó, de farinha de milho.
    Preparation: 1h 10 min
    Read more...
  • Tarte Rústica de Ameixa

    Tarte Rústica de Ameixa
    Difficulty
    Cost
    Ingredients:
    de açúcar amarelo, ovo, de óleo vegetal, de leite, de leite, de farinha sem fermento, umas gotas de essência de baunilha, ameixas, de geleia de marmelo.
    Preparation: 50 min
    Read more...
  • Porco Assado c/ Puré de Maçã e Pêra e Molho de...

    Porco Assado c/ Puré de Maçã e Pêra e Molho de Coe
    Difficulty
    Cost
    Ingredients:
    Perna de porco, Dentes de alho, Colheres de sopa de massa de pimentão, Sal q.b., Maçãs, Peras, Azeite q.b., Vinagre balsâmico q.b., Molho de coentros.
    Preparation: 2h
    Read more...
  • Sorbet de Coco

    Sorbet de Coco
    Difficulty
    Cost
    Ingredients:
    de coco ralado, de água, de açúcar.
    Preparation: 40 min
    Read more...
  • Cupcakes com Cobertura de Chocolate Branco

    Cupcakes com Cobertura de Chocolate Branco
    Difficulty
    Cost
    Ingredients:
    de queijo creme à temperatura ambiente, de açúcar em pó, de chocolate branco, confeites coloridos q.b..
    Preparation: 30 min
    Read more...
  • Caldeirada de Peixe na Cataplana

    Caldeirada de Peixe na Cataplana
    Difficulty
    Cost
    Ingredients:
    batatas, tomates maduros, pimento verde, cebolas, de peixe para caldeirada (ou apenas um tipo de peixe se preferir), azeite, sal, folha de louro, malagueta seca (opcional), de vinho branco, coentros frescos.
    Preparation: 50 min
    Read more...
  • Gelado de Laranja

    Gelado de Laranja
    Difficulty
    Cost
    Ingredients:
    laranjas, de leite, de natas, gemas, de açúcar, de açúcar, laranjas, de leite, de natas, gemas, de açúcar.
    Preparation: 50 min
    Read more...
  • Arroz de Feijão Preto com Coentros e Limão

    Arroz de Feijão Preto com Coentros e Limão
    Difficulty
    Cost
    Ingredients:
    de sobras de arroz branco, de feijão preto cozido, cebola, dente de alho, azeite, folha de louro, umas gotas de tabasco a gosto.
    Preparation: 20 min
    Read more...

Publicidade

Universidade Independente de Angola